Bondage e Disciplina


Bondage e Disciplina são dois aspectos do BDSM que aparentemente nada têm em comum no que respeita às atividades envolvidas, mas aparecem juntas por apresentarem semelhanças conceptuais,ou seja, condicionamento físico ou psicológico. Bondage e Disciplina descrevem atividades comuns em BDSM e não formas de relacionamento, como o D/s e SM, que definem especificamente “Top” e “bottom”.
Bondage, em BDSM, significa imobilização e/ou restrição física de movimentos através de cordas e correntes, dispositivos em madeira ou metal (algemas, por exemplo), borrachas e látex, etc., com o objectivo de manter uma pessoa sob o domínio de outrem.
São meios que os praticantes de BDSM utilizam para intensificar a troca consensual de poder, em que uma parte aceita entregar-se e a outra aceita a responsabilidade dessa entrega.
O recurso a técnicas de Bondage tem várias finalidades, as quais podem surgir isoladamente mas, em muitos casos, existem em simultâneo. Podem apresentar-se com um carácter mais físico, como sejam usos sexuais ou outros fins mais específicos, como por exemplo o Shibari, ou com uma componente mais psicológica, recorrendo a exercícios mentais para explorar a vergonha, a exposição, a humilhação, o receio, etc. É também usado para provocar desconforto e dor pela restrição “per se” ou pelas atividades que se possam realizar pela posição indefesa da pessoa. Isto numa perspectiva sadomasoquista.
Bondage permite satisfazer uma necessidade psicológica que pode estar, ou não, associada a prazer físico. É muitas vezes usado para demonstrar e exercer poder, promover o respeito, corrigir e castigar, treinar e disciplinar, ou, simplesmente, para situações de “Role Play”, como por exemplo simulação de rapto.
A restrição pode ser parcial, permitindo alguma mobilidade, como tendo somente as mãos ou os pés atados, estar dentro de uma jaula, delimitando, desta forma, o espaço de movimentação ou, ser completa, pés e mãos atadas, estar preso a um dispositivo externo, ou recorrer a restrições envolventes, como a mumificação ou o uso de coletes de força.
Acrescentar a privação de sentidos à restrição física, corresponde a elevar mais além as sensações experimentadas e tornar o processo descrito ainda mais poderoso. Para tal, poderá usar-se vendas, mordaças, “hearplugs” ou utilizar técnicas de controlo da respiração, denominado por “breathplay”.
O consentimento para este tipo de actos tem de estar sempre presente. Quem está na posição de imobilizado, tem de estar consciente da sua posição de indefeso, e quem está na posição de imobilizador tem de estar sempre atento ao bem estar do seu parceiro e em boas condições físicas e psicológicas, tendo a perfeita noção da responsabilidade que detém. Como tal, não é de mais referir a importância do conhecimento e da confiança que se exige que se estabeleça entre ambos. Existem normas de segurança, específicas para praticar Bondage que convém estarem sempre presentes.
Disciplina significa instruir, educar e deriva da palavra “discípulo” que por sua vez tem origem no termo latino pupilo. Disciplina advém da necessidade de se aderir a um conjunto de regras, que permitam a aquisição de determinados valores e formas de conduta subjacentes a uma determinada entidade, seja ela individual, como o caso de um “Mestre”, ou colectiva como uma comunidade em que o indivíduo se insere.
Em BDSM, Disciplina contempla a imobilização ou condicionamento mental, através de ordens e controlo. Alguns “Tops” treinam os “bottoms” a adoptarem posições e desempenhar tarefas concretas a partir de ordens directas ou como forma de ritual.
Um Castigo é uma punição usada para reprimir uma conduta considerada incorrecta. A punição não deve ser encarada como o único método de disciplina. Há muitas pessoas que consideram um desafio muito interessante em disciplinar outrem, recorrendo o mínimo possível à punição.
Disciplina é um processo que requer tempo e exige muita comunicação, causando por vezes alguma frustração.

2 pensamentos sobre “Bondage e Disciplina

Deixe sua resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s