Switcher


Em BDSM algumas pessoas definem-se como Switchers porque sentem prazer em estar dos dois lados da equação BDSM. O mais comum é assumirem papéis de “Top” numa determinada altura e papéis de “bottom” noutra, dependendo das circunstâncias, com quem interagem e do seu estado de espírito.
Tem constituído objecto de discussão no seio da comunidade o desempenho, pela mesma pessoa, de papéis opostos. No fundo, como é que um switcher consegue sentir prazer em Dominar e, noutras situações, tirar prazer de uma submissão.
Numa relação D/s fechada, entre dois parceiros há a tendência para que cada um mantenha, sempre, as suas características intrínsecas de Dominante e submisso, pois é assim que naturalmente se satisfazem. No entanto, em relações abertas, não é menos verdade que alguém possa ser submisso de um determinado Dominador mas que seja Dominador de um outro submisso.
Convém ainda salientar que, pelo facto de existirem Dominadores que retiram prazer de sensações habitualmente atribuídas aos submissos, não quer dizer que percam as suas características e deixem de ser dominantes. Do mesmo modo, se um submisso participar numa sessão de “spanking”, como parte ativa, não significa que seja Dominador ou Switcher.
Anúncios

Deixe sua resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s